A Semente de Chia é um Verdadeiro Superalimento!

Postado dia 22 de março de 2018 - Blog - Por: Viviane Almeida

A chia é bem menor que a linhaça. Ela contém duas vezes mais proteínas do que a maioria dos grãos, três vezes mais ferro que o espinafre e cinco vezes mais cálcio do que o leite. Além disso, a Chia possui altos níveis de ômega 3, fibras solúveis, potássio e antioxidantes.  Conheça um pouco mais sobre as propriedades da Chia, seus possíveis benefícios à saúde, como incorporar mais sementes de Chia na sua dieta e por que vale a pena ingerir este grão.

 

Para que serve a Chia?

Há registro do consumo de Chia entre as civilizações astecas, incas e maias, antigos residentes das Américas do Sul e Central. A semente era usada originalmente como uma importante fonte de energia por membros destas civilizações. Eles também a usavam como oferenda aos deuses durante os rituais, e a exigiam como tributo anual a tribos conquistadas.

Atualmente, a chia vem ganhando popularidade como um alimento funcional que fornece uma variedade impressionante de nutrientes em apenas uma dose pequena: Duas colheres de sopa diariamente são suficientes para aproveitar seus benefícios.

Embora ela ainda seja originária e mais comumente cultivada no México, recentemente países como os Estados Unidos e o Brasil estão apostando no cultivo da Salvia Hispânica, nome científico da planta. A semente de chia já é cultivada no Sul do Brasil desde o final da década de 1990 e uma pesquisa feita por estudantes do Instituto Federal do Sul de Minas em Muzambinho, no ano passado, constatou que o Sul de Minas é uma das regiões mais propícias do Brasil para o plantio de Chia. A semente de Chia serve para ser consumida crua ou cozida e pode ser ingerida inteira ou na forma de farinha. Da semente também se extrai o óleo de Chia. Ela é comumente comida pura ou adicionada a iogurtes, vitaminas, saladas e bolos.

A Chia tem um sabor bem suave e sua adição não influencia no sabor de outros alimentos. Ela serve mesmo como um suplemento nutricional.

 

Propriedades da Chia

Apesar de seu pequeno tamanho, as sementes de Chia são repletas de propriedades nutricionais importantes. Elas são uma excelente fonte de ômega 3 que ajuda a aumentar HDL, o colesterol bom que ajuda a proteger contra ataque cardíaco e acidente vascular cerebral. As sementes também são ricas em antioxidantes, fibras, magnésio, zinco, ferro e cálcio.

De acordo com o banco de dados sobre nutrientes do departamento de agricultura americano, o USDA National Nutrient Database, aproximadamente 30 gramas de semente de Chia contém 138 calorias, 8 gramas de gordura, 12 gramas de carboidratos, 10 gramas de fibra e 5 gramas de proteínas.

Isto quer dizer que uma pessoa que consome estas 30 gramas de Chia diariamente estaria recebendo 18% das necessidades diárias de cálcio, 27% de fósforo, 30% de manganês, além de quantidades menores de potássio, zinco e cobre.

Quando comparada à linhaça, a Chia fornece mais ômega 3, cálcio, fósforo e fibras: Nutrientes essenciais que têm faltado na dieta da maioria das pessoas.

 

Os benefícios da chia para nossa saúde

Sementes de Chia são ricas em antioxidantes que ajudam a proteger as gorduras delicadas nas sementes e sua ingestão traz vários benefícios para a nossa saúde.

Os antioxidantes ajudam a combater os danos dos radicais livres no corpo e mantém as gorduras saudáveis nas sementes.

Os antioxidantes dos alimentos podem ter efeitos positivos sobre a saúde porque combatem a produção de radicais livres, o que pode danificar as moléculas nas células e contribuir para o envelhecimento e doenças como o câncer.

Muitos benefícios da chia vêm do fato de serem ricas em fibras e terem pouco carboidrato. Ao verificar o perfil nutricional das sementes de Chia, verifica-se que em cerca de 30 gramas de sementes há 12 gramas de carboidratos. No entanto 11 gramas destes carboidratos referidos são fibras que não são digeridas pelo organismo. O teor de carboidratos de verdade é de apenas um grama nesta porção, o que é muito baixo.

Quando ingeridas, as fibras não elevam o açúcar no sangue e o corpo não precisa liberar insulina para elimina-las e, portanto, as fibras não contam como carboidratos.

Por causa de toda a fibra, as sementes de Chia podem absorver até 12 vezes o seu peso em água, tornando-se semelhante a gel. Isto torna mais lenta a digestão dos alimentos, ajuda a manter a sensação de saciedade por mais tempo e reduz a fome.

A Chia é uma excelente fonte de proteína, especialmente para as pessoas que não comem produtos de origem animal.

Cerca de 14% destas sementes minúsculas são proteínas. Um teor elevado em comparação com a maioria das plantas. Uma dieta rica em proteínas ajuda a reduzir o apetite, melhora a regeneração muscular, ajuda a reduzir o apetite e a fome. Além de todos os benefícios para a saúde, as proteínas são, de longe, o nutriente que mais ajuda em uma dieta para perda de peso.

Sementes de Chia são ricas em cálcio, magnésio, fósforo e proteínas. Todos estes nutrientes são essenciais para a saúde dos ossos.

Elas têm mais cálcio do que a maioria dos produtos lácteos e pode ser considerada uma excelente fonte deste mineral para as pessoas que não comem laticínios.

 

10 motivos para consumir chia:

Anemia: 100 gramas da semente de chia oferecem três vezes mais ferro que a mesma quantidade de espinafre, por exemplo. Para ilustrar melhor: uma porção da semente tem 67.8% das nossas necessidades diárias em ferro.

Antioxidantes contra radicais livres: A semente de chia possui ácido cafeico e ácido clorogênico, ambos antioxidantes que ajudam a neutralizar os radicais livres, combatendo o envelhecimento celular e prevenindo nosso organismo contra diversas doenças.

Câimbras: A porção diária da semente de chia possui cerca de 20% das nossas necessidades dessa vitamina. “Ela melhora sistema imunológico e protege a pele e os olhos contra o processo de envelhecimento.

Doença Cardíaca: A porção de semente de chia tem nada menos que 400% da nossa necessidade diária de ômega-3. É claro que quando pensamos em ômega-3, logo nos lembramos de peixes, principalmente o salmão, que é muito rico desse nutriente. Porém, de acordo com as nutricionistas, 100 gramas da semente de chia têm oito vezes mais ômega-3 que um pedaço médio de salmão.  De acordo com a nutricionista Roseli Rossi, esta gordura do bem é responsável por afastar de perto as doenças cardiovasculares. Ela reduz a formação de coágulos sanguíneos e arritmias.

Estimula o crescimento dos ossos: A porção da semente de chia tem 63.5% das necessidades diárias de manganês. “Esse nutriente participa na síntese de várias reações enzimáticas, além de estimular o crescimento dos ossos e do tecido conjuntivo”

Funcionamento do Cérebro:  a chia é essencial para o pleno funcionamento do nosso cérebro e ligações cognitivas, o magnésio também está muito presente na semente de chia. “Em comparação com 100 gramas de brócolis, a semente de chia tem 15 vezes mais magnésio”

Imunidade: “Ele facilita a absorção do ferro, é catalisador na formação da hemoglobina, melhora imunidade e ajuda na formação de elastina e colágeno”. A porção da semente possui 30.5% das necessidades diárias de cobre.

Massa muscular:  100 gramas da semente de chia carregam 16g de proteína em sua composição. “Enquanto em 100 gramas de arroz integral cru há 8 gramas de proteína e no milho verde cozido há 3 gramas, por exemplo”. A vantagem da superdose é que a semente ajuda na manutenção de massa muscular, fornece mais energia para as células nervosas e ainda pode complementar as necessidades proteicas – uma porção da semente de chia tem 8.6% das nossas necessidades diárias nesse nutriente.

Osteoporose: 100 gramas da semente de chia (equivalente a sete colheres de sopa) tem seis vezes mais cálcio que meio copo de leite integral – que tem em média 246 mg do nutriente. “O cálcio presente na chia ajuda na formação da massa óssea, evitando a osteoporose”, explica a nutricionista Roseli Rossi. Uma porção de semente de chia (25 gramas) tem cerca de 21% das nossas necessidade diárias de cálcio.

Protege os olhos: A porção diária da semente de chia possui cerca de 20% das nossas necessidades dessa vitamina. “Ela melhora sistema imunológico e protege a pele e os olhos contra o processo de envelhecimento”

Vitamina:semente de chia também possui em sua composição a niacina, a tiamina e a riboflavina, todas vitaminas do complexo B. Elas são fundamentais para o pleno funcionamento do nosso sistema nervoso, além de auxiliar no metabolismo das nossas células, fazendo com que nosso organismo todo funcione melhor. A porção da semente tem 13% das necessidades diárias de niacina, 4.6% das de riboflavina e 30% das de tiamina.

Depois de todos esses benefícios, não tem como a chia ficar de fora da nossa alimentação, suas prioridades são de extrema importância para nossa saúde.

 

Confira as vídeo-aulas gratuitas do mini-curso de receitas Doce Saúde Fit:

Aula 01 – Farofa Low Carb
Aula 02 – Pão de Queijo de Frigideira
Aula 03 – Cookie de Frigideira

Cadastre e assista agora!

 

– CLIQUE AQUI PARA ACESSAR –

 

 

 

 

 

CONTEÚDO ORIGINAL EM:

http://www.mundoboaforma.com.br/8-beneficios-da-chia-para-que-serve-e-propriedades/#fwpzIrmb89XmphP3.99

http://www.minhavida.com.br/alimentacao/galerias/14115-13-motivos-para-consumir-chia-a-semente-da-vez/13

 

Sugestões:

Bolo de chocolate sem farinha proteico

Bolo de chocolate sem farinha proteico

INGREDIENTES   3 claras ( ou 2 ovos) 1 scop de whey ou cacau em pó. 3 Cs de...

Veja mais
Bolacha FIT

Bolacha FIT

  INGREDIENTES   3 Cs farinha de amêndoa 3 Cs aveia em flocos finos 3 Cs de leite em...

Veja mais